O INCT-FNA na SNCT 2018

Discutindo Física Nuclear na Semana Nacional de Ciência
e Tecnologia

Prof. Nilberto Medina (IFUSP)
Profª. Débora Peres Menezes (UFSC)
18 de Outubro de 2018, das 15:10h as 17:20h
Sala EFI-401

Dois seminários, ambos em nível introdutório, discutindo Radiação Ionizante (Prof.
Nilberto Medina, IFUSP) e a Física Nuclear no Nosso Cotidiano e na Vida e Morte
Estelar (Profª. Débora Peres Menezes, UFSC) serão transmitidos durante a SNCT. Após
os vídeos, haverá sessão de debates.

Radiação Ionizante: Atualmente, existe um grande interesse no desenvolvimento de
dispositivos tolerantes à radiação para serem utilizados por longos períodos em
ambientes hostis, como em satélites no espaço exterior, aviões, reatores nucleares e
aceleradores de partículas. Para entender os fenômenos físicos responsáveis pelas
alterações nos dispositivos expostos à radiação ionizante, devem ser considerados vários
tipos de radiação, tais como: íons pesados, nêutrons, prótons, raios X e raios gama. O
estudo do comportamento dos dispositivos submetidos a todos esses tipos de radiação é
muito importante para o desenvolvimento de circuitos eletrônicos mais tolerantes à
radiação.

Física Estelar e do Cotidiano: A física nuclear tem como objetivo a investigação da
origem, evolução, estrutura e fases da matéria nuclear sujeita à interação forte. As
estruturas elementares da matéria nuclear serão apresentadas e, a partir delas e das
interações nuclear forte e fraca, serão discutidos conceitos de fusão e de fissão.
Enquanto a nossa vida se deve à fusão nuclear que ocorre no sol, conseguir energia a
partir dessa reação na terra ainda exige muitos esforços e investigação, mas está a
caminho. Por outro lado, a fissão produz uma quantidade considerável de energia, que
vem sempre acompanhada de rejeitos radioativos, mas é parte principal da matriz
energética de muitos países e fonte indiscutível dos exames diagnósticos de ponta.